...

16 e 17/12

Sábado e Domingo

}

10h às 20h

Confira Programação

Programação

Programe sua diversão!

Regulamentos

Informações Gerais

Mapa do Festival

Download disponível

Atração-Cosplay

Cosplayer

Cosplayers nacionais e Concurso Anipólitan!

Atração-Kpop

Kpop

Espaços temáticos e performances incríveis!

Atração-Bandas

Música

Bandas locais trazendo o melhor da música pop!

Atração-Just Dance

Dança Digital

Venha dançar ao som dos maiores sucessos internacionais!

Atração-Cosplay

Realidade Virtual

Sinta-se dentro do jogo e embarque nesse universo imerso!

Atração-Just Dance

Games

Da Pump it Up aos jogos badalados da nova geração!

Atração-Just Dance

Espaço Infantil

Anikids o cantinho todo especial pros pequetitos!

Atração-Just Dance

Artist's Alley

Espaço Yìshù com os melhores projetos dos artistas independentes!

Atração-Just Dance

Espaços Temáticos

O universo da cultura pop trazida pelas comunidades locais!

Atração-Just Dance

Convidados

Atividades com dubladores, grupos e atrações do universo pop!

Regras & Condultas

1. Menores de 10 anos devem está acompanhados, preferencialmente, de seu responsável legal (Pai ou Mãe) ou de pessoa maior;

2. Fica proibido o uso de armas brancas EM MATERIAL METÁLICO com características cortantes, perfurantes, perfuro-cortantes e corto-contundentes, ficando possibilitada a sua utilização, acaso não contenham qualquer das características acima listadas, o que será averiguado na entrada do evento pela organização. Armas brancas confeccionadas em madeira, papelão, plástico ou material similar não metálico ficam isentas de restrição, em decorrência da pouca nocividade:

“O evento Anipólitan é um festival de cultura pop oriental jovem de natureza familiar, cuja entrada e permanência de menores é conferida por meio de autorização do Juizado da Infância e Juventude, que realiza exigências, especialmente no quesito segurança. Além disso, a Lei de Contravenções Penais, em seu artigo 19, penaliza aqueles que portam armas (de qualquer tipo), neste termos: “Art. 19. Trazer consigo arma fora de casa ou de dependência desta, sem licença da autoridade:”. Conquanto haja discussões no âmbito judicial quanto à criminalização desta conduta (trazer consigo arma branca), é certo que a norma continua sendo aplicada pelos tribunais. Assim, a organização do evento, a fim de evitar maiores transtornos, resolveu aplicar a regra estabelecida no item 2 das regras & condutas, pois ela atende as necessidades do evento sem prejudicar o público em geral, especialmente os cosplayers, mantendo a sempre prioritária segurança buscada pela organização”.

3. As armas brancas decorativas que forem compradas dentro do evento devem estar lacradas e sua retirada na loja será feita com o acompanhamento do responsável desta, e, se possível, de um integrante da organização do evento, até a portaria de saída do evento;

4. Porte de armas de fogo, mesmo que descarregadas ou inabilitadas não serão permitidas:

“Estabelece o artigo 6°, incisos e parágrafos da Lei n° 10.826/2003:

Art. 6°

previstos em legislação própria e para:

I – os integrantes das Forças Armadas;

É proibido o porte de arma de fogo em todo o território nacional, salvo para os casos

II – os integrantes de órgãos referidos nos incisos do caput do art. 144 da Constituição Federal;

III – os integrantes das guardas municipais das capitais dos Estados e dos Municípios com mais de 500.000 (quinhentos mil) habitantes, nas condições estabelecidas no regulamento desta Lei;

IV – os integrantes das guardas municipais dos Municípios com mais de 50.000 (cinqüenta mil) e menos de 500.000 (quinhentos mil) habitantes, quando em serviço;

V – os agentes operacionais da Agência Brasileira de Inteligência e os agentes do Departamento de Segurança do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República;

VI – os integrantes dos órgãos policiais referidos no art. 51, IV, e no art. 52, XIII, da Constituição Federal;

VII – os integrantes do quadro efetivo dos agentes e guardas prisionais, os integrantes das escoltas de presos e as guardas portuárias;

VIII – as empresas de segurança privada e de transporte de valores constituídas, nos termos desta Lei;

IX – para os integrantes das entidades de desporto legalmente constituídas, cujas atividades esportivas demandem o uso de armas de fogo, na forma do regulamento desta Lei, observando-se, no que couber, a legislação ambiental.

X – integrantes das Carreiras de Auditoria da Receita Federal do Brasil e de Auditoria-Fiscal do Trabalho, cargos de Auditor-Fiscal e Analista Tributário.

XI – os tribunais do Poder Judiciário descritos no art. 92 da Constituição Federal e os Ministérios Públicos da União e dos Estados, para uso exclusivo de servidores de seus quadros pessoais que efetivamente estejam no exercício de funções de segurança, na forma de regulamento a ser emitido pelo Conselho Nacional de Justiça – CNJ e pelo Conselho Nacional do Ministério Público – CNMP.

§ 1º As pessoas previstas nos incisos I, II, III, V e VI do caput deste artigo terão direito de portar arma de fogo de propriedade particular ou fornecida pela respectiva corporação ou instituição, mesmo fora de serviço, nos termos do regulamento desta Lei, com validade em âmbito nacional para aquelas constantes dos incisos I, II, V e VI.

§ 1º-A (Revogado pela Lei no 11.706, de 2008)

§ 1º-B. Os integrantes do quadro efetivo de agentes e guardas prisionais poderão portar arma de fogo de propriedade particular ou fornecida pela respectiva corporação ou instituição, mesmo fora de serviço, desde que estejam:

I – submetidos a regime de dedicação exclusiva;

II – sujeitos à formação funcional, nos termos do regulamento; e

III – subordinados a mecanismos de fiscalização e de controle interno.

§ 1º-C. (VETADO).

§ 2º A autorização para o porte de arma de fogo aos integrantes das instituições descritas nos incisos V, VI, VII e X do caput deste artigo está condicionada à comprovação do requisito a que se refere o inciso III do caput do art. 4º

§ 3º A autorização para o porte de arma de fogo das guardas municipais está condicionada à formação funcional de seus integrantes em estabelecimentos de ensino de atividade policial e à existência de mecanismos de fiscalização e de controle interno, nas condições estabelecidas no regulamento desta Lei, observada a supervisão do Comando do Exército.

§ 4º Os integrantes das Forças Armadas, das polícias federais e estaduais e do Distrito Federal, bem como os militares dos Estados e do Distrito Federal, ao exercerem o direito descrito no art. 4º dispensados do cumprimento do disposto nos incisos I, II e III do mesmo artigo, na forma do regulamento desta Lei.

§ 5º Aos residentes em áreas rurais, maiores de 25 (vinte e cinco) anos que comprovem depender do emprego de arma de fogo para prover sua subsistência alimentar familiar será concedido pela Polícia Federal o porte de arma de fogo, na categoria caçador para subsistência, de uma arma de uso permitido, de tiro simples, com 1 (um) ou 2 (dois) canos, de alma lisa e de calibre igual ou inferior a 16 (dezesseis), desde que o interessado comprove a efetiva necessidade em requerimento ao qual deverão ser anexados os seguintes documentos:

I – documento de identificação pessoal;

II – comprovante de residência em área rural; e

III – atestado de bons antecedentes.

§ 6º O caçador para subsistência que der outro uso à sua arma de fogo, independentemente de outras tipificações penais, responderá, conforme o caso, por porte ilegal ou por disparo de arma de fogo de uso permitido.

§ 7º Aos integrantes das guardas municipais dos Municípios que integram regiões metropolitanas será autorizado porte de arma de fogo, quando em serviço.

Por óbvio, não há qualquer hipótese permissiva para porte de armas de fogo dentro do evento, sendo despiciendo qualquer outra fundamentação. Outrossim, a mesma Lei 10.826/2003 citada, em seu artigo 34, impõe a responsabilidade ao produtor do evento de tomar as providências necessárias para evitar o ingresso de pessoas armadas, nestes termos:

Art. 34. Os promotores de eventos em locais fechados, com aglomeração superior a 1000 (um mil) pessoas, adotarão, sob pena de responsabilidade, as providências necessárias para evitar o ingresso de pessoas armadas, ressalvados os eventos garantidos pelo inciso VI do art. 5º Federal. desta Lei nas condições estabelecidas no regulamento desta Lei. Cabe-nos cumprir a legislação brasileira.

5. Fica possibilitado o porte de armas de pressão de uso permitido com calibre igual ou inferior a 6mm aos maiores de 18 (dezoito) anos, desde que desmuniciados e de acordo com a legislação federal vigente. Todas as armas serão vistoriadas na entrada do evento. Armas confeccionadas em papel endurecido, plásticos ou material similar, desde que seja possível distingui-la facilmente de uma arma de fogo real, poderão ser utilizadas. 

“O Decreto n° 3665/2000 (R-105), em seu artigo 16 e 17 define, em primeiro momento, o que são produtos de uso restrito e permitido, nestes termos:

Art. 16. São de uso restrito:

VIII – armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola, com calibre superior a seis milímetros, que disparem projéteis de qualquer natureza;

O porte de arma de pressão com calibre superior a 6mm não foi permitida em razão desta norma expressa. Isto porque, entende-se que tais tipos de armar são altamente nocivos, sendo portando controlado pelo exército nacional, nos termos do que dispõe o artigo 3°, XII, do mesmo decreto.

Art. 17. São de uso permitido:

IV – armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola, com calibre igual ou inferior a seis milímetros e suas munições de uso permitido;

Chegamos ao ponto fulcral da questão. Porque a liberação ocorreu apenas aos maiores de 18 (dezoito) anos se o uso das armas de pressão, com calibre igual ou inferior a 6mm são de uso permitido?

O fato de ser de uso permitido, não exclui condições. A portaria 36 do Ministério da Defesa, já informava que a venda desses itens são restritos a maiores de 18 (dezoito) anos, como pode ser verificado nos artigos 16, 17 e 18 (note que em 2003 o Novo Código Civil passou a vigorar diminuindo a maioridade para 18 dezoito anos). Ademais, o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) em seu artigo 81, I, igualmente proíbe a venda de armas, munição e explosivos a menores, nestes termos:

Art. 81. É proibida a venda à criança ou ao adolescente de:

I – armas, munições e explosivos;

Nenhum sentido existiria proibir a venda de armas de pressão a menores e possibilitar o seu porte. Dito isso, proibimos o porte dessas armas a qualquer menor do evento, ainda que desmuniciadas.

Por fim, foi editada a Portaria n° 02-COLOG, de 26 de fevereiro de 2010, que veio para regulamentar o art. 26 da Lei no 10.826/03 e o art. 50, IV, do Decreto no 5.123/04 sobre réplicas e simulacros de arma de fogo e armas de pressão. Nesta portaria, existem regras comuns e distintas para as armas de pressão de mola e de gás comprimido e é preciso que você esteja atendo a elas.

São regras comuns:

  • Ser maior de 18 (dezoito) anos. Sua identidade será exigida na entrada do evento;
  • As armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola fabricadas no País ou importadas devem apresentar uma marcação na extremidade do cano na cor laranja fluorescente ou vermelho “vivo” a fim de distingui-las das armas de fogo, in verbis:

Art. 18. As armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola tipo airsoft fabricadas no País ou importadas devem apresentar uma marcação na extremidade do cano na cor laranja fluorescente ou vermelho “vivo” a fim de distingui-las das armas de fogo. (Portaria n° 02-COLOG).

São regras distintas:

  • Arma de Pressão por ação de mola está enquadrada na categoria de controle 3 (0300) – Controle de importação, fabricação, exportação e desembaraço alfandegário. Conferir artigo 10 da R-105 e ANEXO 1.
  • Arma de Pressão por ação de gás comprimido está enquadrada na categoria de controle 1 (0180) – Controle de importação, fabricação, exportação, desembaraço alfandegário, utilização e tráfego e comércio. Conferir artigo 10 da R-105 e ANEXO 1.

Art. 10. Os produtos controlados, conforme as atividades sujeitas a controle, são classificados, de acordo com o quadro a seguir:

Captura de Tela 2015-11-14 às 13.14.08

–  Arma de Pressão por ação de mola com calibre inferior a 6mm (permitida no evento) não precisa de GT (Guia de Tráfego), mas do comprovante da origem lícita (Nota Fiscal). Conferir Artigo 13, Parágrafo Primeiro da Portaria n° 02-COLOG.

– Arma de Pressão por ação de gás comprimido com calibre inferior a 6mm (permitida no evento) precisa de GT (Guia de Tráfego) e do comprovante da origem lícita (Nota Fiscal).Conferir artigo 13, Parágrafo Terceiro da Portaria n° 02-COLOG.

Art. 13. A guia de tráfego para o trânsito de armas de pressão por ação de gás comprimido e armas de pressão por ação de mola de uso restrito, será necessária em qualquer situação.

§1° Quando se tratar de armas de pressão por ação de mola de uso permitido, a guia de tráfego somente será exigida na saída da fábrica ou ponto de entrada no País, conforme previsto no art. 10 do R-105;

§2° O portador de arma de pressão por ação de mola de uso permitido deverá sempre conduzir comprovante da origem lícita do produto.

§3° A arma de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola não poderá ser conduzida ostensivamente sob pena de configurar infração administrativa prevista no R-105.

Demonstrada de forma pormenorizada a situação jurídica das hipóteses que permitem ou não o porte das armas de pressão no evento Anipolitan, esperamos termos sanado todas as dúvidas sobre a questão, lembrando que, a criatividade sempre moveu os cosplayers e estamos certos que ela contornará a realidade que deve ser seguida.

Contudo, não esqueçam, aos que não estiverem dentro do permissivo legal, sempre será possível a utilização de armas confeccionadas com papel endurecido, papelão, plástico ou material similar, de sorte que isso, sem a menor dúvida, tornará o evento muito mais seguro e, de fato, excepcional.

6. É proibido o consumo, compra, venda ou porte de qualquer bebida alcoólica ou de substâncias entorpecentes dentro do evento. Será negado o acesso ao evento àquele que tentar ingressar com bebida alcóolica ou com substâncias ilícitas. Será retirado do evento aquele que, dentro deste, fizer o uso, comprar, vender ou portar bebida alcóolica ou substância proibidas, sem direito ao ressarcimento do valor do ingresso:

“É condição para o acontecimento do evento a entrada e permanência de jovens menores de 18 (dezoito) anos e, para tanto, faz-se necessária a autorização do Juizado da Infância e Juventude. Para obtê-la, impõe-se a não comercialização de bebidas alcóolicas. De outra forma, a entrada e a permanência do público menor de 18 (dezoito) anos só seria possível com o acompanhamento de um maior ou responsável legal, o que nos parece inviável até mesmo para vocês (público). Respeitar as regras do evento, é permitir a sua continuidade.”

7. Será barrado na portaria do evento qualquer tipo de bebida, EXCETO água mineral e sucos devidamente selados e lacrados, após a devida vistoria;

8. Será permitida a entrada de alimentos industrializados devidamente lacrados de fábrica (barra de cereal, torradas, biscoitos, salgadinhos, entre outros), bem como de frutas (maça, banana, pera, uva, morango, entre outros).

9. É proibido colocar ou distribuir qualquer tipo de cartaz ou panfleto ou material de divulgação sem a autorização dos organizadores do evento;

10. É proibida a circulação com placas ou faixas contendo palavrões ou qualquer menção de cunho ofensivo a outras pessoas, físicas ou jurídicas, ao evento e/ou aos seus organizadores;

11. Brigas de qualquer natureza dentro do evento não serão toleradas e os envolvidos identificados serão retirados do evento, sem direito a reembolso do valor do ingresso;

12. Não é permitido mexer em equipamentos do evento sem a devida permissão;

13. Não é permitido gritarias ou arruaças nas dependências do evento, estando sujeito o responsável e os envolvidos a serem retirados do evento, sem a devolução do valor pago pelo ingresso;

14. É proibido qualquer tipo de venda de produtos dentro do evento sem autorização;

15. O acesso de pais não pagantes ao evento não será permitido. Aconselhamos aos pais marcarem um horário na área externa ao evento para evitar transtornos;

16. É proibido fumar dentro de qualquer dependência do evento.

17. A entrada de animais está proibida;

18. É proibida a venda de quaisquer tipos de réplicas de armas metálicas para menores de idade;

19. Toda e qualquer cena e vestimenta ilícita ou imprópria à TODOS os participantes e visitantes (maiores ou menores de idade) estão proibidas, sendo vedado, o ingresso de pessoas trajando apenas toalhas, sungas, biquínis, roupas íntimas. Em caso de reincidência, a pessoa em questão será convidada a se retirar do evento.

20. O local do evento apresenta limite de lotação. A organização se reserva ao direito de fechar a bilheteria caso seja alcançada a lotação máxima em qualquer dia do evento.

21. A bilheteria e o acesso ao público ao evento serão encerrados às 18:00 horas, sendo após este permitida somente a saída.

22. Crianças até 05 (cinco) anos de idade e idosos acima de 60 (sessenta) anos estão isentos do pagamento da entrada, mediante a apresentação de documento com foto que comprove tal condição.

23. Todos devem portar um documento de identificação válido no território nacional com foto.

24. As regras e condutas acima podem ser alteradas, modificadas e retiradas sem aviso prévio.

 

 

ATENÇÃO!

Para garantir o cumprimento das normas haverão segurança durante todo o evento.

Atração-Cosplay

Praça Pop

Lar do Palco Principal do evento!

Atração-Cosplay

Praça Move

Dança, Kpop, Lojinhas e Restaurantes!

Atração-Cosplay

Lounge Hosu

Descanso, Música, DJ’s e Interação!

Atração-Cosplay

Palco Tomodachi

Bate-papos e convidados ilustres!

Atração-Cosplay

Ao Infinito...

Conheça mais salas e espaços temáticos!

Palco Ani

Tácio Schaeppi

Schaeppi é narrador de esports há 10 anos, deixando sua marca nos principais momentos do LoL no Brasil Criador e apresentador do MD3 Podcast no Flow.

Francisco Júnior

Francisco Júnior é um ator, dublador, desenhista e youtuber brasileiro. Alguns personagens: Aquaman, Escanor em Nanatsu no Taizai, Luci em (Des)encanto, Ryomen Sukuna em Jujutsu Kaisen e muitos outros!

Sumairu (スマイル)

É uma banda de rock alternativo formada em 2016 em Camaçari – Ba por membros com um amor em comum: os anime songs (músicas de animações japonesas).

Sua principal formação é composta por: Aul (vocals), Rafael (guitarra solo), Nildo (guitarra, teclados), Willy (baixo) e Luddy (bateria).

Blu-e Fênix

Formada em 2017 na cidade de Salvador, Bahia, a banda Blu-e Fênix tem como membros ex-integrantes
de diversas bandas que compuseram o cenário Otaku de Salvador, tais como a Sentai Rock Band,
SHADOC, EN~GARDE E Random Sentai. A banda tem como missão reviver e atualizar o cenário, através
do seu repertório com músicas clássicas dentre os fãs de anime, J-rock/Visual Kei e jogos também, além
de adicionar ao mesmo os novos lançamentos da temporada.

Anbu de Elite

Você já ouviu falar do ANBU DE ELITE? Não, não é uma organização secreta de ninjas do Naruto. É um grupo de teatro cosplay que faz sucesso na Bahia.

Começaram no Anipólitan 2008, o maior evento de cultura pop da região, e desde então não pararam de divertir as plateias. Já participaram do Anime Friends 2010, e de vários outros festivais e concursos. São conhecidos por misturar elementos do teatro tradicional japonês, como o kabuki e o noh e com a comédia baiana mais arretada que você já viu.

Zoam de tudo: animes, cinema, games, noticiário, política, futebol… Nada escapa do humor ácido e inteligente dessa turma, se vestem como os seus personagens favoritos e fazem paródias hilárias que arrancam gargalhadas do público.

Eles são o ANBU DE ELITE, o grupo de teatro cosplay mais divertido e original que você vai conhecer. Não perca a próxima apresentação deles! Você vai se surpreender e se divertir muito! 😂

Carol Crespo

Sou atriz desde os 4 anos e dubladora desde os 8 anos. Sou diretora de vários projetos incríveis também. Vocês já me ouviram em grandes produções nas personagens: Shuri, Lady Gaga (várias), Daenerys (e várias da Emília Clarke), Sombra (Overwatch), Le Blanc (League of Legends), Garota do Blog, Meninas Malvadas, Mulher Aranha e tantas outras maravilhosas!

KIDDO

Kiddo surgiu em 2015 como grupo cover de k-pop e expandiu os horizontes para o ballroom e suas vertentes em 2022, com o surgimento da Kiki House of KIDDO.

Murangoo

Cantor de clássicos e hits atuais de anime songs. Há mais de 15 anos levando música e nostalgia para os otakus baianos!

Midorii Kido

Midorii Kido é uma DRAG QUEEN de Salvador-BA com o trabalho voltado ao Rock/Metal. Dona de uma voz inconfundível, já participou de grandes eventos do cenário soteropolitano e promete agitar o palco com músicas autorais, covers e anime songs com sua banda!

Tsuki

Tsuki voltou! O músico baiano traz seu som único ao Anipólitan 2023
com o anúncio do lançamento de um novo single imperdível. 🎶🤘

Patti Maionese

Professora de história, creator, Cosmaker e cosplayer, colecionadora, jurada, Embaixadora cosplay da CCXP.

Gabi Buenavista

Eu me chamo Gabrielle, sou cosplayer e cosmaker desde 2013 e participo de competições a 10 anos. Minhas especialidades são props e armaduras mas faço de tudo um pouco.

Larissa/Cartney

Faço cosplay desde 2015 e já ganhei dois prêmios de 1º lugar no concurso cosplay do Ani! Minha parte favorita é confeccionar os props, e meu cosplay favorito é a Jinx.

Palco Tomodachi

Ingressos

CRIANÇAS ATÉ 08 ANOS E IDOSOS 60+ NÃO PAGAM INGRESSO NO ANIPÓLITAN 2023

Anikit Básico

Exclusivo dos pontos de vendas!

O que vem no Anikit Básico?
  • 01x Camisa preta ilustrada
  • 02x Ingressos para 01x dia do Anipólitan 2023

Venda exclusiva nos pontos de vendas físicos.

Anikit Gold

Exclusivo dos pontos de vendas!

O que vem no Anikit Gold?
  • 01x Camisa vermelha ilustrada
  • 02x Ingressos para 01x dia do Anipólitan 2023
  • 01x Mochila Ani
  • 01x Botton especial (efeito holográfico)
  • 01x Sticker especial (efeito holográfico)
  • 01x Strap sortido (podendo vir branco ou preto)

Venda exclusiva nos pontos de vendas físicos.

Pontos de Vendas

É aceito pagamentos em Dinheiro e Cartão (Deb. e Cred) nos Pontos de Venda.

Salvador Norte Shopping

Feira de Artesanato – L2
(próximo ao Salvador Card)

Shopping Center Lapa

Espaço Zen Cleria Peixoto – L1
(próximo à Drogaria São Paulo)

Parque Shopping Bahia

Feira de Artesanato – L1
(ao lado da Velmond)

Shopping Bela Vista

Shopping Bela Vista, Piso L2
(ao lado da antiga Sniper)

Salvador Shopping

Salvador Shopping, Piso L1
Av. Tancredo Neves, 3133 – Loja 1193 – Caminho das Árvores, Salvador

Shopping da Bahia

Shopping da Bahia, Piso L3
Av. Tancredo Neves, 148 – Loja 07 – Quadra X – Caminho das Árvores, Salvador

Informações importantes sobre comprovações dos Ingressos (promocional, meia entrada e unijorge)

¹ Ingresso Promocional: Comprovação mediante doação de 1kg de alimento conforme “Relação de alimentos válidos para comprovação do Ingresso Promocional”. Deve-se apresentar apenas no DIA DO EVENTO (16 e/ou 17/12).

² Meia-Entrada: Necessária comprovação mediante documentos abaixo.

1. Estudantes: Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela ANPG, UNE, Ubes, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos, conforme modelo único nacionalmente padronizado. Os elementos indispensáveis da CIE são: I – nome completo e data de nascimento do estudante; II – foto recente do estudante; III – nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado; IV – grau de escolaridade; e V – data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição. Consulte também: www.documentodoestudante.com.br

FONTE: Lei Federal 12.933/13, Decreto Federal 8.537/15 e Medida Cautelar Provisória concedida pelo STF em 29/12/2015.

2. Idosos (Pessoas com mais de 60 anos): Nessa edição idosos com mais de 60 anos possui gratuidade ao Anipólitan.

3. Jovens pertencentes a famílias de baixa renda, com idades de 15 a 29 anos: Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

FONTE: Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15

4. Pessoas com deficiência e acompanhante quando necessário: Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS que ateste a aposentadoria conforme os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

5. Professor (Não leciona na Unijorge): Para garantir o direito à meia-entrada, o profissional deverá apresentar documento de identidade oficial com foto e o contracheque atual que identifique o órgão ou estabelecimento de ensino empregador e o cargo que ocupa.

FONTE: Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15

³ Ingresso Unijorge: Venda exclusivamente online! Necessária comprovação mediante documentos abaixo:

1. Aluno: Comprovante de matrícula do ano vigente

2. Funcionários: Documento de comprovação de trabalho (Funcionários).

1. Relação de alimentos opcionais válidos para comprovação do Ingresso Promocional

Itens da Cesta Básica que podem ser levados para validação:

  • Feijão (1kg)
  • Arroz (1kg)
  • Macarrão (500g)
  • Café moído (a partir de 250g)
  • Leite em Pó (a partir de 400g)

Itens não permitidos:

  • Nenhum tipo de liquido (óleo, Leite liquido, Extrato de Tomate entre outros)
  • Açúcar
  • Sal
  • Biscoito/Bolacha

Unijorge

Av. Luís Viana Filho, 6775 – Trobogy, Salvador – BA, 41680-400
Telefone: (71) 3206-8142

UNIJORGE | Paralela

CONTATO

Entre em contato a partir do formulário abaixo.

CONTATO: SITE Anipolitan 2023

6 + 2 =

T

FAQ

Dúvidas recorrentes

Qual a diferença entre os ingressos do Anipólitan 2023?

.

Esse ano os ingresso do Anipólitan foram divididos em três (04) modalidades distintas: Ingresso InteiraIngresso Meia-EntradaIngresso Social e Ingresso Unjorge.


1. Ingresso Inteira

Possui valor fechado, não tendo nenhum tipo de benefício de desconto.

2. Ingresso Meia- Entrada 

2.1 Estudantes: Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela ANPG, UNE, Ubes, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos, conforme modelo único nacionalmente padronizado. Os elementos indispensáveis da CIE são: I – nome completo e data de nascimento do estudante; II – foto recente do estudante; III – nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado; IV – grau de escolaridade; e V – data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição. Consulte também: www.documentodoestudante.com.br 

FONTE: Lei Federal 12.933/13, Decreto Federal 8.537/15 e Medida Cautelar Provisória concedida pelo STF em 29/12/2015.

2.2 Idosos (Pessoas com mais de 60 anos): Nessa edição os idosos com mais de 60 anos NÃO PAGAM INGRESSO!

2.3 Jovens pertencentes a famílias de baixa renda, com idades de 15 a 29 anos: Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

FONTE: Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15

2.4 Pessoas com deficiência e acompanhante quando necessário: Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS que ateste a aposentadoria conforme os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

2.5 Professor (Não leciona na Unijorge): Para garantir o direito à meia-entrada, o profissional deverá apresentar documento de identidade oficial com foto e o contracheque atual que identifique o órgão ou estabelecimento de ensino empregador e o cargo que ocupa.

FONTE: Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15

3. Ingresso Promocional

Ingresso válido para 01x (um) dia de evento. Comprovação mediante doação de 1kg de alimento não perecível. O alimento deve ser levado e doado na portaria do evento nos dias 16 e/ou 17/12.

4. Ingresso Unijorge

Ingresso exclusivo para os alunos e funcionários da Faculdade Unijorge. Comprovação deve ser feita mediante apresentação do comprovante de matrícula do ano vigente (Alunos), documento de comprovação de trabalho (Funcionários).

Quais documentos preciso apresentar para garantir meu desconto?

Para aqueles que comprarem os ingressos na modalidade Meia-Entrada, ou, Social é necessário apresentar:

1. Meia-Entrada: 

Estudantes: Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela ANPG, UNE, Ubes, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos, conforme modelo único nacionalmente padronizado. Os elementos indispensáveis da CIE são: I – nome completo e data de nascimento do estudante; II – foto recente do estudante; III – nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado; IV – grau de escolaridade; e V – data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição. Consulte também: www.documentodoestudante.com.br 

FONTE: Lei Federal 12.933/13, Decreto Federal 8.537/15 e Medida Cautelar Provisória concedida pelo STF em 29/12/2015.

Idosos (Pessoas com mais de 60 anos): Documento de identidade oficial com foto.

Jovens pertencentes a famílias de baixa renda, com idades de 15 a 29 anos: Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

FONTE: Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15

Pessoas com deficiência e acompanhante quando necessário: Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS que ateste a aposentadoria conforme os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

Professor (Não leciona na Unijorge): Para garantir o direito à meia-entrada, o profissional deverá apresentar documento de identidade oficial com foto e o contracheque atual que identifique o órgão ou estabelecimento de ensino empregador e o cargo que ocupa.

FONTE: Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15

2. Ingresso Unijorge: Comprovação deve ser feita mediante apresentação do comprovante de matrícula do ano vigente (Alunos), documento de comprovação de trabalho (Funcionários).

Comprei o ingresso pelo site, como devo proceder?

Basta no dia do evento apresentar o Ingresso Digital IMPRESSO (ingresso enviado ao e-mail utilizado na hora da compra) diretamente nas catracas na entrada do evento.

1. Dúvidas sobre os Ingressos Online?

Para informações sobre consulte: https://ajuda.sympla.com.br/hc/pt-br/categories/200379455

Comprei ingressos duplicados, posso usar eles para os dois dias?

Para ingressos comprados por dia (Sábado, ou, Domingo) sua utilização deve ser apenas para os dias adquiridos (sinalizados no ingresso). Caso adquirido o INGRESSO PROMOCIONAL, ou, INGRESSO UNIJORGE esses e apenas esses, pode ser utilizados para qualquer um dos dois dias.

Créditos: Icon by: https://www.flaticon.com